Allium sativum L. (ALHO)

ALHO


Família: Liliaceae


Sinonímia: Ajo (Espanha); Aglio (Itália); Ail (França); Garlic (Inglaterra)


Origem: Europa Meridional e Oriente Médio.


Descrição: Erva culinária e medicinal, com altura de até 70cm, possui folhas estreitas e iguais. Suas flores miúdas, brancas e pouco cheirosas, nascem na parte terminal do caule. O bulbo é um corpo oval, formado por alguns gomos ou “dentes”, e sendo constituído por uma massa consistente e aquosa de sabor e cheiros fortes.


Uso farmaco-terapêutica: Expectorante, Sudorífico, bronquite crônica, tuberculose, gangrena pulmonar, hemoptise, reumatismo.


Propagação: Por bulbos


Parte utilizada: Bulbos.


Constituintes químicos principais: Aliicina, inulina, nicotinamida, galantamina, ácidos fosfórico e sulfúrico, vitaminas A, B e C, proteínas e sais minerais.


Formas farmacêuticas habituais: Ungüento, óleo, infusão, cataplasma, decocção.


Indicação, Preparo e Posologia:


a) Ungüentos- (calos) misturar a polpa do alho amassado em óleo de oliva. Este ungüento de ser aplicado sobre o local, protegendo-o com gaze.
b) Insônia- esmagar um dente de alho em uma xícara de leite quente. Deixar em infusão por 10 minutos e após beber.
c) Cataplasma- (reumatismo) espremer alguns dentes de alho, colocando sobre uma lã quente. Aplicar sobre a região afetada.
d) Vermes- ferver, por 1 minuto, em leite açucarado, alguns dentes de alho amassados. Tomar 2 a 3 colheres ao dia.
e) Inflamação na garganta – Usar um dente de alho batido, o sumo de limão assado e uma colher de mel de abelha. Mistura-se e aplica-se na região interna da garganta.

© 2018 - medicinacaseira.com.br   

  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social
  • b-facebook
  • Twitter Round
  • b-googleplus