Malvarisco (Plecthanthus amboinicus (Lour) Spreng)

Malvarisco

Família: Lamiaceae (Labiatae)


Nome Científico: Plecthanthus amboinicus (Lour) Spreng


Sinonímia Vulgar: Malvarisco, hortelã-grossa, hortelã-grande, hortelã-de-quibe.


Sinonímia Científica: Stachys arvense L.; Coleus amboinicus Lour; Coleus aromaticus Benth.

Descrição: Erva perene, ereta, aromática, provavelmente de origem africana. Caule carnoso, possuindo folhas grandes, opostas, crenadas, deltoides e um sulco mucilaginoso. Inflorescência em panícula de espigas de cor róseo-pálidas de pequeno tamanho. Quando a inflorescência aparece, o vegetal deve ser replantado. Fruto nuculâneo, formado por pequenas núculas. Multiplica-se por ponteiras, ou sementes, em solo bem adubado e bem regado.


Partes Usadas: Folhas ou sumo.


Formas Farmacêuticas: Decocto, melito, xarope, infuso, cozida em saladas ou balas.


Emprego: Vermífugo, expectorante, calmante, peitoral, para infecções, gripe, dor de estômago, carminativo, cólica menstrual, dor e tosse. Para preparação do xarope, utilizar de 30 a 40 folhas frescas aquecidas com 200 g de açúcar sem juntar água. Tomar 1 a 2 colheres das de sopa 2 vezes ao dia para adulto.

 

Para crianças usa-se a metade.


Constituição Química: Óleo essencial rico em timol, barbatol, copaeno, cariofileno, gaieno, aremofileno, flavonas, diterpenos e carvacrol. Tanino.


Interações Medicamentosas e Associações: Essa planta pode ser associada, para aumentar os efeitos peitorais, ao agrião, à malva-rosa, ao alecrim, ao chambá, à cebola, ao eucalipto, ao jatobá, ao angico, à hortelã, ao saião, ao mastruz ou ao sabugueiro.

© 2018 - medicinacaseira.com.br   

  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social
  • b-facebook
  • Twitter Round
  • b-googleplus